Abraão, o pai da fé

O Pai em comum

Abraão é considerado o pai da fé por muitos cristãos, judeus e muçulmanos por sua confiança em Deus e por seu papel na história da religião. O livro de Gênesis, no Antigo Testamento da Bíblia, conta a história de Abraão desde sua chamada por Deus até sua morte. Vários capítulos do livro de Gênesis descrevem a vida de Abraão e sua relação com Deus, incluindo o capítulo 15, que contém a promessa de Deus a Abraão.

Gênesis 15:1-6 diz:

“Depois destes acontecimentos, veio a palavra do Senhor a Abrão, numa visão: ‘Não temas, Abrão. Eu sou o teu escudo; tua recompensa será muito grande.’ Disse Abrão: ‘Senhor Deus, que me darás? Eu continuo sem filhos, e o herdeiro de minha casa é Eliézer de Damasco.’ Acrescentou Abrão: ‘Não me concedeste descendência, e um servo nascido em minha casa será meu herdeiro.’ Mas a palavra do Senhor veio a ele: ‘Não será ele o teu herdeiro, mas um filho gerado por ti será o teu herdeiro.’ Levou-o para fora e disse-lhe: ‘Olha para o céu e conta as estrelas, se fores capaz.’ E acrescentou: ‘Assim será a tua descendência.’ Abrão acreditou no Senhor, e o Senhor considerou essa fé como justiça.”

Deus aparece a Abraão

Neste trecho, Deus aparece a Abraão em uma visão e promete que ele terá muitos descendentes, apesar de sua idade avançada e da falta de um filho legítimo. Abraão expressa sua preocupação com sua falta de herdeiros e sugere que seu servo será seu herdeiro, mas Deus reafirma sua promessa de que Abraão terá um filho legítimo como herdeiro.

O versículo 6 é especialmente significativo para a crença em Abraão como pai da fé. Ele afirma que Abraão acreditou no Senhor e que isso foi considerado justiça. Em outras palavras, a confiança de Abraão em Deus foi tão forte que ele foi considerado justo aos olhos de Deus. Essa fé é um exemplo para os crentes em Deus hoje e uma razão pela qual Abraão é considerado um modelo de fé.

Abraão em outras passagens

Outras passagens na Bíblia também descrevem a fé de Abraão, incluindo Romanos 4:3-5, que cita Gênesis 15:6 e reafirma a ideia de que Abraão foi considerado justo por sua fé. Em Hebreus 11, conhecido como o capítulo da fé, Abraão é mencionado como um exemplo de fé, juntamente com outros personagens bíblicos como Noé, Moisés e Davi.

Em resumo

A história de Abraão é uma demonstração da importância da fé em Deus na vida dos crentes. Sua confiança em Deus e sua disposição em seguir suas ordens, mesmo quando parecem difíceis ou impossíveis, são exemplos para aqueles que desejam seguir a Deus hoje.

Não vá embora!

Confira estes devocionais especialmente selecionados